Palestra no Consegi 2013

Acesse aqui o Tutorial

Somente as versões do samba acima da 3.3 conseguem permitir o ingresso de máquinas com Windows 7 no domínio. A opção que resta é atualizar a versão do samba.

Procedimento realizado no Debian Lenny

Antes de fazer a atualização faça um backup de segurança da pasta “/etc/samba” e “/var/lib/samba” e vamos a atualização.

Primeiro vamos editar o sources.list para adicionar o repositório da ultima versão do samba que é a 3.5.6.

# vim /etc/apt/sources.list

e no final do arquivo adicione o repositório :

deb http://backports.debian.org/debian-backports lenny-backports main contrib non-free

Salve e saia do arquivo, e vamos atualizar.

# apt-get update

Não se esqueça em hipótese alguma de fazer o backup.

Remova o samba instalado atualmente por completo.

# /etc/init.d/samba stop
# apt-get remove samba-common

Com a versão antiga removida vamos instalar a nova

# apt-get -t lenny-backports install samba

E necessário instalar um pacote adicional que é o que faz as opções do samba como testparm, smbpasswd e net.

# apt-get -t lenny-backports install samba-common-bin

Faça uma copia do /etc/samba/ e /var/lib/samba/ agora.

Restaure o arquivos /etc/samba/smb.conf que havia efetuado backup no início deste tutorial.

No meu caso tive que migrar meus dados do samba que eram smbpasswd para tdbsam

# pdbedit -i smbpasswd:/etc/samba/smbpasswd -e tdbsam:/var/lib/samba/passdb.tdb

Vamos adicionar as linhas abaixo no /etc/samba/smb.conf para que o windows 7 funcione com o samba

passdb backend = tdbsam
ntlm auth = Yes
lanman auth = Yes
client ntlmv2 auth = Yes

Agora vamos reiniciar o serviço

# /etc/init.d/samba restart

Agora seu samba já esta na versão 3.5.6, para testar e só executar:

# smbstatus

Terminando, volte a sources.list e apague a linha que foi inserida.

Obs: Antes de tentar ingressar uma máquina Windows 7 no domínio crie nela um arquivo ex: dominiosamba.reg com o conteúdo abaixo e execute para que possa alterar os parametros necessários no regedit.

Windows Registry Editor Version 5.00

[HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\services\LanmanWorkstation\Parameters]
"DomainCompatibilityMode"=dword:00000001
"DNSNameResolutionRequired"=dword:00000000

[HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\Control\Lsa]
"LmCompatibilityLevel"=dword:00000000

[HKEY_LOCAL_MACHINE\SYSTEM\CurrentControlSet\services\Netlogon\Parameters]
"RequireSignOrSeal"=dword:00000001
"RequireStrongKey"=dword:00000001

Este tutorial foi alterado tendo como texto original: http://tassio.eti.br/index.php?option=com_content&view=article&id=133:atualizando-o-samba

Para as pessoas que ficam enchendo o saco de seus amigos pedindo para formatar seu pc ae segue os três vídeos para vocês se mancarem e parar de incomodar.

Faça você mesmo afinal de contas esses é um trabalho chato pra caramba.

Boa Sorte!

Fonte: http://www.mundodoshackers.com.br/

Colocado em Windows.
Comente!.

Checando seu Hardware

Para usar o Windows com o Xen, você precisa de um hardware com suporte a virtualização, flags VMX (para a plataforma Intel) ou SVM (para a plataforma AMD), para verificar corretamente se o seu processador tem suporte a essa flag, uses o comando abaixo:

egrep -i "vmx|svm" /proc/cpuinfo

Se retorna algo, sorria, você tem a suporte a virtualização no seu processador.

Preparando os discos LVM

Antes de partimos para o uso da instalação, crie um volume lógico no seu grupo de volumes do LVM. Neste exemplo, estou sugerindo como vg e o volume lógico de windows

lvcreate -L 50G -n windows.disk vg

Disco de boot do Windows

O Windows utilizado foi um Windows 2000 Server.

Iremos primeiramente ter que fazer uma imagem do CD de instalação, use o comando abaixo para gerar a imagem:

dd if=/dev/cdrom of=/root/win2000.iso

Obs.: O /dev/CDROM deve ser trocado pelo local do seu drive de cdrom.

Vamos criar um arquivo de configuração para o Xen poder “bootar” o Windows 2000.

Abaixo uma réplica do arquivo windows.cfg utilizado nesse exemplo:

kernel = "/usr/lib/xen/boot/hvmloader"
device_model = '/usr/lib/xen/bin/qemu-dm'
builder='hvm'
memory = 4096
vcpus = "4"
shadow_memory = 16
name = "windows"
vif = [ 'type=ioemu, bridge=br0' ]
disk = [ 'file:/root/win2000.iso,hdd:cdrom,r', 'phy:/dev/vg/windows.disk,hda,w']
boot="dc"
sdl=0
vnc=1
vnclisten="0.0.0.0"
vncdisplay=5
vncconsole=0
vncpasswd='SENHAVNC'
stdvga=0
serial='pty'

Acessando

Primeiro ative a vm com o comando:

xm create windows.cfg

Utilize o seu cliente vnc para acessar a dom0 no display 5 (este é o valor da variável vncdisplay do arquivo de configuração).

vncviewer xxx.xxx.xxx.xxx:5905

Obs.: xxx.xxx.xxx.xxx é o endereço IP do servidor Xen (dom0).

Aparecerá uma tela de password, digite SENHAVNC que está também no arquivo de configuração que é a variável vncpasswd.

Após a instalação do windows ter sido concluída, pare a vm com o comando:

xm shutdown windows

E em seguida altere o arquivo windows.cfg nas linhas:

disk = [ 'file:/root/windows2000.iso,hdd:cdrom,r', 'phy:/dev/vg/windows.disk,hda,w']
boot="dc"

Para:

disk = ['phy:/dev/vg/windows.disk,hda,w']
boot="c"

Obs.: Na nova configuração como mostrado acima, nós estamos alterando a ordem do boot para o disco local (c) ao invés do cdrom (d), e também estamos desabilitando a imagem do cd do windows 2000, pois, não será mais necessário.

Re-crie a vm com o comando e acesse sua maquina virtual pelo protocolo VNC, lembrando que xxx.xxx.xxx.xxx é o endereço IP do servidor Xen (dom0):

xm create windows
vncviewer xxx.xxx.xxx.xxx:5905

Colocado em Linux, Windows, Xen.
1 Comentário.

-->